Morre a cantora Paulinha Abelha, vocalista da banda Calcinha Preta

Cantora de 43 anos ficou conhecida nacionalmente por sucessos como “Baby Doll”

A cantora Paulinha Abelha, 43, morreu, na noite desta quarta-feira (23), em um hospital privado de Aracaju (SE). Ela foi internada e chegou a ficar em coma em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após sofrer problemas nos rins no dia 11 de fevereiro.

“O Hospital Primavera comunica, com pesar, que a cantora, Paula de Menezes Nascimento Leca Viana, Paulinha Abelha, faleceu hoje às 19h26 em decorrência de um quadro de comprometimento multissistêmico”, informou o perfil do grupo Calcinha Preta no Instagram.

Paulinha Abelha ganha correntes de orações de cantoras de forró

O QUE OCORREU

Durante o período que passou hospitalizada, Paulinha Abelha fez tratamento dialítico — processo de filtração do sangue utilizado para eliminar o excesso de líquidos e as substâncias tóxicas no organismo do paciente portador de insuficiência renal avançada, aguda ou crônica.

Nesta quinta-feira, ela teve piora no estado de saúde. A assessoria da vocalista informou que ele entrou em coma após piora clínica nas últimas 12 horas.

A assessoria da forrozeira ainda falou que foi cogitado a transferência da cantora para uma unidade hospitalar mais complexa, mas devido ao estado de saúde de Paulinha Abelha foi inviável.

“Está em programação de transferência de unidade hospitalar, mas por instabilidade neurológica não reúne condições clínicas seguras para realizar a transferência no momento”, ressaltou o comunicado.

CARREIRA DE SUCESSO NO FORRÓ

Na banda Calcinha Preta ficou conhecida nacionalmente por canções como “Baby Doll, “Armadilha”, “24 horas de Amor”, entre outros.

Paulinha Abelha entrou banda Calcinha Preta em 1998. Na primeira passagem pelo grupo conquistou uma legião de fãs. No forró, ela virou simbolo de beleza sendo aclamada pelo público LGBTQIA+.

A cantora se desligou da banda Calcinha Preta no início de 2010 para integrar a banda GDO do Forró. Em agosto do mesmo ano, ela deixou a banda para dar início a um projeto, ao lado do marido, na época, o cantor Marlus Viana, também ex-integrante da Calcinha Preta.

Em 2014, eles deixaram o trabalho como dupla para ingressar novamente a banda Calcinha Preta.

Dois anos depois, em março de 2016, a cantora anunciou a saída do Calcinha Preta novamente. Dessa vez, junto de Silvânia Aquino. As cantoras deram início a um novo projeto ao lado de Daniel Diau, também ex-Calcinha Preta, o trio Gigantes do Brasil.

Eles só trabalharam junto até dezembro daquele ano. As amigas seguiram com o trabalho “Silvânia & Paulinha”. Em 2018, após muitas negociações, elas retornaram à banda Calcinha Preta.

Leia também

© 2018 – www.difusorataua.com.br – Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Auranet Hospedagem de sites