Cantora morta em Minas Gerais dividiu palco com Maiara e Maraisa e fez sucesso com clipe no YouTube

O clipe da música “Desacelera”, lançado por Lívvia Bicalho em 2017, tem mais de 500 mil visualizações

“Desacelera” foi gravada com o produtor musical Blener Maycom, que trabalha com outros artistas sertanejos, como Felipe Araújo e Naiara Azevedo
A cantora e influenciadora digital Lívvia Bicalho, morta com um tiro na cabeça, em João Monlevade, em Minas Gerais, dividiu palco com Maiara e Maraisa no ano de 2019. Na ocasião, o cantor Lucas Lucco também participou do evento. A festa, uma cavalgada, aconteceu na mesma cidade onde ela foi encontrada sem vida.
Nas redes sociais, Lívvia compartilhou uma foto ao lado da dupla. “Mais um trabalho realizado”, celebrou na época.
Livvia era conhecida na região. O clipe da música “Desacelera”, lançado no ano de 2017, soma atualmente mais de 500 mil visualizações no YouTube.

A cantora compartilhou imagem do encontro com Maiara e Maraisa nas redes sociais; elas dividiram palco durante evento em Minas Gerais
“Desacelera” foi gravada com o produtor musical Blener Maycom, que trabalha com outros artistas sertanejos, como Felipe Araújo e Naiara Azevedo. Blener comentou na imagem mais recente que Lívvia publicou no Instagram, três dias atrás, lamentando a morte.
Nos streamings, a última música lançada por ela é “Viralizou”, de 2019, que mistura arrocha e brega funk e tem feat do cantor Zannynho.
A partir daí, Lívvia Bicalho decidiu priorizar o trabalho nas redes sociais, realizando consultoria em marketing digital e acumulando milhares de seguidores como influenciadora.

Diário do Nordeste

Leia também

© 2018 – www.difusorataua.com.br – Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Auranet Hospedagem de sites