Presidente do Fortaleza, Marcelo Paz defende Tricolor e Ceará apenas na segunda fase do Cearense 2019

Ceará e Fortaleza buscam um objetivo comum, relevado recentemente: participarem apenas da segunda fase do Campeonato Cearense 2019, pedido já encaminhado para a Federação Cearense de Futebol. O motivo é o calendário excessivo no primeiro trimestre – Copa do Brasil, Copa do Nordeste e estadual – o que poderia deixar inviável a situação das equipes atuando desde o início do certame. O presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, defendeu a proposta em entrevista concedida ao programa Trem Bala, da TVC, quando entrevistado pela repórter Germana Pinheiro.

“Não [entrar] nas semifinais, mas eu acho que os dois clubes grandes [Ceará e Fortaleza] devem entrar uma fase à frente. Acho que fica muito penalizante quando tem Copa do Nordeste, Copa do Brasil e [campeonato] Cearense. É desumano. Eu entendo que Ceará e Fortaleza deveriam ter no máximo 12 datas no Estadual. Faz um prévia, classifica quatro clubes, por exemplo, e aí se juntam aos outros dois”, declarou o mandatário, dando até uma ideia superficial de como seria.

Questões pontuais como o próprio regulamento, serão discutidas pelos dez clubes participantes da Série A do Campeonato Cearense no próximo dia 30, às 14h, em reunião convocada pelo presidente da FCF, Mauro Carmélio. Enquanto isso, o Fortaleza continua sua caminhada na Série B do Campeonato Brasileiro. Líder isolado com 57 pontos, a equipe enfrenta o Paysandu, na Arena Castelão, no próximo sábado, 20.

 

 

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2018 – www.difusorataua.com.br – Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Auranet Hospedagem de sites