Prefeito de Tauá Carlos Windson apresenta atestado para não depor e Comissão Processante determina avaliação por junta médica

A Comissão Processante da Câmara Municipal de Tauá que apura denúncia de infração político-administrativa supostamente cometida pelo Prefeito Carlos Windson encerra nesta terça-feira, 21, a fase de depoimentos das testemunhas de defesa arroladas no processo.

Os vereadores Alaor Mota, Chico Neto e Valdemar Jr. vem tentando desde a semana passada ouvir as pessoas apontadas pela defesa do prefeito. De 30 testemunhas, menos 5 apareceram para prestar termo de declaração na Comissão Processante, a maior delas, formada por secretários municipais, ex-secretários e assessores da gestão municipal.

O mandado de notificação expedido pelo presidente da Comissão, vereador Alaor Mota, no dia 09 de agosto, marcando os depoimentos para os dias 15, 16, 17 e 21 de agosto, a partir das 8h da manhã, não surtiu efeito porque as testemunhas não compareceram.

Já na última sexta-feira, 17 de agosto, o presidente da Comissão publicou outro comunicado informando que haveria reunião extraordinária no sábado, 18, mas novamente ninguém compareceu. Ficou decidido que seria dada mais uma oportunidade para as testemunhas comparecerem nesta terça-feira, 21, a partir das 8h da manhã e o depoimento do prefeito Carlos Windson que anteriormente estava marcado para às 8h da manhã, foi adiado para às 14h.

Prefeito apresenta atestado médico para não depor na Comissão

Na última sexta-feira, 17, Carlos Windson encaminhou um atestado médico à Comissão Processante, alegando estar acometido por uma conjuntivite com suspeita de glaucoma, permanecendo afastado das funções por 10 dias e pedindo o adiamento do depoimento.

O atestado está assinado pelo oftalmologista Dr. Daniel N. Fernandes, que atua em Fortaleza.

Comissão Processante determina que Prefeito Carlos Windson seja submetido a avaliação de junta médica

Para ratificar o quadro clínico do prefeito, a Comissão Processante expediu Mandado de Notificação para que Carlos Windson compareça às 8h da manhã desta terça-feira, 21, ao Hospital Dr. Alberto Feitosa Lima, em Tauá, para ser avaliado por uma junta médica, de preferência composta por oftalmologistas.

Leia também

© 2018 – www.difusorataua.com.br – Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Auranet Hospedagem de sites