Polícia Civil de Tauá prende mulher acusada de envolvimento na morte do amante

Inspetores da 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Tauá, Willian e Jeferson, prenderam no início da tarde da quarta-feira (24), na zona rural do município, uma mulher acusada de envolvimento em um crime de homicídio ocorrido na capital do Estado de Alagoas, Maceió.

A prisão aconteceu na localidade de Lustal em cumprimento de mandado de prisão temporária (por 30 dias), que foi emitido pelo juiz da 09ª Vara Judiciária de Maceió. A acusada é a Yara Danielle dos Santos.

Segundo os inspetores que efetuaram a prisão, Yara estava escondida na casa de parentes na zona rural de Tauá e se preparava para fugir para a Europa, tendo como destino a Espanha. O esposo dela que também é investigado como mandante do crime, já tinha sido preso na capital cearense, Fortaleza.

Crime passional

A mulher juntamente com o marido José Wilson Tenório da Silva, são investigados como articuladores de um homicídio praticado em Maceió, cuja vítima foi o Rhuan Miguel dos Santos Vieira (27), que segundo as investigações era amante de Yara. O relacionamento amoroso de Yara com Rhuan, teria sido descoberto pelo esposo dela José Wilson, que tramou a morte do rival tendo o auxílio de Yara Danielle. Yara e Rhuan se conheceram no local onde trabalhavam numa unidade de saúde da capital alagoana.

Para execução do crime foi contratado um homem identificado como Maxswel Santos Silva (24), que já se encontra preso.

Segundo a Polícia, Yara foi conivente com a situação, pois auxiliou Wilson no plano para executar a vítima. A mulher informou a movimentação de Rhuan, inclusive o local onde o mesmo trabalhava e onde estacionava o carro, facilitando a ação do executor. Rhuan foi morto no dia 25 de maio deste ano. Depois do crime o casal fugiu para o Ceará.

Após o cumprimento do mandado de prisão, Yara foi conduzida à Delegacia Regional de Polícia Civil de Tauá, ficando a disposição do Judiciário de Alagoas. Ela será levada para a Delegacia de Capturas em Fortaleza e depois seguirá para a capital alagoana onde está sendo investigada.

Lindon Johnson

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2018 – www.difusorataua.com.br – Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Auranet Hospedagem de sites