Justiça decreta prisão de sogro de Rafael Miguel por mortes do ator e dos pais

Justiça decretou na noite de terça-feira (11) a prisão temporária de Paulo Cupertino Matias, de 48 anos, pelas mortes do ator Rafael Miguel, de 22 anos, e dos pais dele, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50 anos. O comerciante, pai da jovem que namorava o ator, Isabela Tibcherani, de 18 anos, já é considerado foragido. 

Horas antes da prisão ser decretada, a polícia realizou buscas em mais de 15 endereços a procura de Cupertino, inclusive em uma chácara que pertence a um familiar do acusado.

No fim da tarde, os policiais voltaram até a casa onde o sogro de Rafael Miguel vivia, que também é o local do crime, após receberem uma denúncia de que ele estaria na residência. Paulo Cupertino não foi encontrado, mas o carro usado por ele na fuga após os assassinatos foi localizado a cerca de 600 metros da casa.

O caso

As mortes do ator Rafael Miguel e dos pais dele foram resultado de uma discussão com o pai da namorada do jovem, que não concordava com o relacionamento. A informação consta no boletim de ocorrência do caso registrado como homicídio consumado no 98º DP, do Jardim Miriam, e foi confirmada pela polícia ao Portal da RedeTV!.

Rafael morreu no domingo (9), aos 22 anos, no bairro de Pedreira, na zona sul de São Paulo. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), além dele, seus pais, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, de 50, foram executados no portão da casa da namorada do artista, no início da tarde.

Inicialmente, os três foram recebidos por Isabela Tibcherani, de 18 anos, namorada do ator, e pela mãe da menina. Entretanto, no meio da conversa, o comerciante Paulo Curpertino Matias, de 48, pai de Isabela, chegou ao local armado e fez disparos contra as vítimas. O suspeito fugiu e está desaparecido. 

Em nota, a assessoria da SSP informou que “João Alcisio Miguel, de 52 anos, Miriam Selma Miguel, de 50, e Rafael Henrique Miguel, de 22, morreram após serem baleados, por volta das 13h55 de domingo (9), na Estrada do Alvarenga, no bairro Pedreira, na zona sul da Capital. O caso é investigado pelo 98º Distrito Policial (Jardim Miriam) e as equipes estão em diligência para localizar e prender o autor do crime”.

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2018 – www.difusorataua.com.br – Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Auranet Hospedagem de sites