DORA RAAD TEM 14 ANOTAÇÕES CRIMINAIS

A ex-chacrete Mary de Almeida da Costa Raad, conhecida como Dora Raad, de 60 anos, foi presa em flagrante por suspeita de estelionato em Icaraí, no Rio de Janeiro, na última quarta-feira (23). A mulher é acusada de ter firmado um contrato de locação em uma imobiliária usando um nome falso. Ao todo, ela tem 14 anotações pela prática de crimes como estelionato, falsidade ideológica, falsificação de documento público, quadrilha ou bando e por manter casas de prostituição.

Mary foi denunciada por um funcionário da imobiliária que desconfiou da fraude. Ele lembrou que a mulher já esteve no local anteriormente tentando utilizar um terceiro nome, também falso. Ela foi detida dentro do interior do local.

A mulher foi levada para a 77ª DP (Icaraí). Ela tentava usar o nome falso de Joselina Almeida Duarte. Mary segue à disposição da justiça.

 

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2018 – www.difusorataua.com.br – Todos os direitos reservados.

Site desenvolvido por Auranet Hospedagem de sites